quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Xico Sá defende o "pacote completo", mulher e filhos

Mães Solo,
Urgente!! o Tudo de Bom Xico Sá escreveu a crônica" Pelo "pacote completo", mulher e filhos" hoje. Não deixem de ler. O jornalista escreve de forma deliciosa que " as mulheres com filhos são especiais, especialíssimas..." e ainda que "As mulheres com filhos são o que há de mais tentador... Incríveis, magníficas, únicas."

#Palmas, Xico!!

Visitem, escrevam, entrem na fila!!!

http://xicosa.folha.blog.uol.com.br/

Pelo "pacote completo", mulher e filhos

"Antigamente quando eu me excedia/ Ou fazia alguma coisa errada/Naturalmente minha mãe dizia:/ "Ele é uma criança, não entende nada"...

Deixo o Tremendão ai na trilha sonora da crônica e, pelos poderes de Grayskull, vamos em frente.

Porque as mulheres com filhos são especiais, especialíssimas, como sempre sublinho nestes papiros mudernus.

Porque tem homem que morre de medo do que se costuma chamar por ai de “pacote completo”, quando a deusa vem com os seus meninos à tiracolo, canguruzinha marlinda.

Se bem que conheço amigas que temem mais do que nós hombres. Diante do menor barulho dos diabinhos fazem cara de Herodes.

Eu faço é cara de marido.

E tenho inveja porque não são meus. E tenho inveja porque não pude influenciá-los, ainda, nem na escolha do time.

Tudo bem, já saquei muito da cachola aquela lengalenga tipo Brás Cubas: não quero deixar na terra o legado da minha miséria etc etc.

Balela. Bora fazer menino, minha musa, e confundir de vez criador e criatura.

As mulheres com filhos são o que há de mais tentador nesse lero-lero vida noves fora zero.

Incríveis, magníficas, únicas. No papo e na cama.

Agora rio aqui sozinho lembrando da noite em que fui pela primeira vez para a casa de uma ex-ex-ex.

Saía desesperado do quarto em busca de um copo d´água. O amigo que bebe sabe o que é um homem cego, que não achou os óculos na cabeceira, saindo por uma arquitetura desconhecida, na madruga, em busca de um refrigério para a ressaca.

Depois de alguns tropicões, seguindo uma fresta de luz, ainda sem fazer ideia onde estava a geladeira... eis que um endiabrado menino, senhoras e senhores, portando uma daquelas armas iluminadas que me levou direto para um conto de ficção científica.

Aquela tocha de fogo aumentou ainda mais a minha sede e desespero. Não se nega um copo d´água a um ressacado, apelei ao rapazinho.

Sorriso sádico, o menino, armado com uma daquelas miseráveis eespadas de He-Man, não cedeu ao meu apelo. Quem manda mexer com a sua linda Jocasta.

O ciúme e a sede de aventura o faziam me espetar e dar pulinhos ridículos e cegos.

Quando fui tomar o mísero copo d´água, o dia já havia dado as caras.

Depois do duelo, e muitos passeios a três, de mãos dadas, nos tornamos grandes amigos.

Escrito por Xico Sá às 15h45


Eu já comentei!!!

Flavia Werlang] [werlang.flavia@gmail.com][http://www.gravidasolteira.blogspot.com/]
Xico, eu já te adorava mas, depois desta crônica... pago paixão para vc. Sou Flavia Werlang, autora do blog http://www.gravidasolteira.blogspot.com. É raro um homem olhar para uma mãe solteira sem um certo "medo" de ter que assumir a responsabilidade. (Por mais que a criança tenha um pai na certidão e/ou presente no dia-a-dia). Infelizmente, o medo de ter que assumir este papel assusta e os homens caem fora antes de conhecer a mulher/mãe. E estas, só conseguem voltar a ter um relacionamento quando as crianças estão crescidas, mais independentes. Gostaria de tropeçar com um Xico da crônica por aí. Beijos e parabéns por abordar o tema.

Obs.: O nome poderia ser Xico, Alfredo, Teobaldo. O que importa é que tenha caráter.

Grande beijo.
Flavia

12/10/2011 18:38

4 comentários:

  1. De muito bom tom a crônica deste homem. Realmente, nós, mães single nos deparamos dia a dia com essa questão. Homens amedrontados. Aqui em minha cidade( Aracaju) costuma-se chamá-los "pai-pirão". Eu particularmente repudiu tamanha ignorância, uma vez que meu próprio filho me chama "mãe-pai" e não preciso suplicar atenção nem $$$ de ninguém. E sem a perda da tão solicitada esperança, não aguardo um príncipe, aguardo agora um Xico, homem comum, porém cheio de atitude e amor. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Gente, certa vez assistindo ao Sex and City vi uma cena que traduzia um pouco o que eu vivia. A Miranda Hobbes se irrita com as amigas pq toda vez que elas se reuniam era só para falar de homens e ela achava isso insuportável pq eram mulheres bonitas, ricas e inteligentes. ;-) às vezes me pego sendo criticada pela Miranda Hobbes, vcs não? Pois é, quando penso nisso, principalmente hoje, não me esqueço dos dramas com pensão, da ausência de participação, da da ausência de humanidade, do fato de parecer que engravidamos sozinhas e outros, mas queria propor um tema que hoje me preocupa e sobre o qual gostaria da opinião da Flávia, que já é mãe a mais tempo que eu, e das demais: se o relacionamento acabou (e acabou de fato pq no momento q precisava a pessoa fugiu) como conseguimos conciliar a nova rotina com passeios e novos relacionamentos? como ficam as viagens? existem locais onde conseguimos ir com nossos filhos e nos divertir também por nós? Afinal, somos livres, independentes, estudadas, bem remuneradas... quais são as opções de diversão para nós mães solteiras? abços,
    Fernanda

    ResponderExcluir
  3. AMO esse Xico Sá!!!!
    VC é demais.....
    Meu marido tb te acha demais.......rsrsr
    bjs.
    Alessandra Tostes

    ResponderExcluir