quinta-feira, 24 de março de 2011

Lead

Oi amigas
Tenho pensado muito em vocês.
Quero sempre dividir como tem sido estes dias mas os dias tem sido corridos. Hoje foi inevitável, eu TINHA que postar. Talvez muitas pessoas imaginam mas poucas pessoas sabem o que é ser mãe solteira de um bebê. Solteira e sozinha. É diferente ser mãe solteira e ter uma rede de apoio e ser mãe solteira, sozinha.
Vocês sabem que estou morando com minha bebê em uma cidade nova. Somos nós duas. Desde segunda tenho uma nova figura indispensável na nossa vida: a Camila, a babá. Primeiro veio a insegurança... Agora a dependência.
Para ser sincera, comecei a escrever hoje para desabafar o quanto estou me sentindo sozinha. Sabe, vim tentar a sorte aqui em Floripa. Sou jornalista e não conhecia a cidade. Minha cabeça está a mil. Enquanto escrevo sobre a tartaruga, a obra, a nascente, o pedágio.... Minha cabeça gira: Luna está bem? Luna chorou? Luna está se adaptando a nova babá? Luna está sentindo a mudança? Luna...
Li algo que traduz o que acho que está se passando: "A confusão de ideias não é um distúrbio da prosa, é um distúrbio da vida".



7 comentários:

  1. Oi mulher.
    Sei exatamente o que estás passando. Passei por algo parecido e o primeiro conselho é: tenha calma! Respire fundo e acredite que você é capaz, especialmente porque agora não estás mais sozinha, tens a Luna.

    Outro conselho que posso partilhar com você é: procure um berçário/ creche/ escolinha especializada para crianças na idade da sua. Para produzir (eu tb sou jornalista) você precisa estar tranquila e, como relatou, vc acabou de chegar na cidade e, portanto, não conhece as pessoas e a babá. Essas escolas tem experiência nessas situações e acredite, a Luna vai se sentir muito bem. Estará num ambiente com outras crianças, o que é muito bom para que ela se socialize e cresça. As experiência de mães que utilizam a escola em tempo integral, para crianças nessa faixa etária são positivas. Lógico que você vai ter que procurar referências e tudo o mais que vc já sabe. Mas vale à pena. Qdo voltei a trabalhar, minha filhota tinha 1 ano e seis meses e nós duas sofremos qdo eu ia deixá-la na creche, chorávamos as duas até ela se acostumar. Numa idade menor isso não acontece e a transição nas demais idades é sempre muito tranquila.

    Concentre-se no seu trabalho. Foco no que está escrevendo, lembre-se que vc precisa trabalhar. E fique calma.

    Foque também nas coisas boas que estão acontecendo na vida de vcs: novo trabalho, novo ambiente, novos desafios. Acredite em você, no seu potencial, na sua experiência e no Universo que está te abrindo essas portas ou janelas, não sei... só você saberá.

    Calma mulher porque tudo vai dar certo!!! Acredite e sorria. Agradeça por todo o aprendizado e alegrias vividas e as que virão.

    Estou torcendo por você e acredito que vc vai dar show!!!!!!

    Xeros e conte sempre comigo....

    ResponderExcluir
  2. Flavinhaaaaaaaaaa...vc sabe de que é capaz...aliás, já demonstrou isso quando passou por todos os "traumas" de ser mãe solteira-sozinha...te admiro demais, sei que vai dar conta de tudo, concentre-se no seu trabalho, Luna está bem, confie em mim, tenho certeza disso!!!
    Estou aqui sempre, não desanime, pense nas outras dificuldades da vida, que já tirou de letra!!
    Amo vcs e sou sua maior fã.....
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Flaviaaaaa, arrume um tempo e post sempre assim não se sentirá sozinha nunca!!
    Nessa nova fase da sua vida vc vai precisar de mt equilibrio e eu sei q vc vai conseguir. Vai se sentir forte qd ver a Luninha dormindo bem e pensar "é por vc q estou fazendo td isso, p sermos felizes e vencermos juntas".
    Qt a sua preocupação c a Luninha é normal coisas de mão de nee, eu n sou mãe mas tenho amigas e tb tem mão p td qt é lado rsrs. Mas enfim tente relaxar, aproveite o fds p curtir a cidade, curtir Luninha, p relaxar p semana q vem vc voltar mais leve e mais relaxada p produzir teus textos!
    Bjssss

    ResponderExcluir
  4. Ohh minha querida, que aflição...
    Não deixe que isso ti domine! Se voce está deixando Luna com a babá, é porque confia na Camila, entao é Orar a Deus pois é Ele quem realmente cuida! É bem melhor deixa-la numa creche, já pensou se tem uma perto do seu trabalho heim?! Perfeito... Pena tudo não ser como deveria. Por isso concentre-se! O trabalho é essencial para o real crescimento de voces aí em Floripa. Aproveite os 3 meses de experiencia e mostre do que é capaz! Se nao fosse pelo teu profissionalismo voce nao estaria aí!! Calma!! E vá em frente!! Voce ja esta conseguindo!!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Vai passar antes que vc perceba... Parece uma eternidade, mas acredite em mim, nada dura eternamente... Boa sorte Flavia!
    beijo

    Mariana

    ResponderExcluir
  6. Amiga, isso é só mais uma fase de adaptação na vida de vcs. Nunca te faltou talento e coragem para enfrentar a vida! Insegurança é normal, não se desespere! Tenho certeza que sairão mais fortes e unidas do que nunca! Continuaremos torcendo por vcs!!! um grande beijo

    ResponderExcluir
  7. dói só de pensar que vc tá chorando... fica com Deus e estou orando por vc e pela Luninha

    ResponderExcluir