sábado, 15 de janeiro de 2011

Pílulas de mãe

Andei revirando os emails antigos que enviei para o pai da minha filha e me deparei com um cheio de emoção, que enviei dia 7 de setembro:

"Não usamos camisinha, deixamos a responsabilidade para a pílula do dia seguinte e Luna está chegando. Morro de medo todos os dias. Gostaria muito que alguém segurasse a minha mão e dissesse que vou ser capaz de cuidá-la. Ou o pai da minha filha desse um beijo na minha barriga para mostrar que vamos encarar isso juntos.
A realidade é outra. O medo não me deixa dormir. Tenho enjoos inexplicáveis e acho que me supero a cada dia quando vejo que mais um dia se passou e ela está bem. Não garanto que vou ser a melhor mãe do mundo, mas vou ser a melhor que estiver ao meu alcance e vou dar a ela tudo que eu sempre esperei de uma mãe".

Não preciso dizer que não tive resposta...
Luna nasceu prematura, duas semanas após o email.

3 comentários:

  1. "A dor diminui se a pusermos em uma história ou se contarmos uma história sobre ela".
    Ele já te deu o melhor, como vc disse!Agora é bola pra frente e cuidar desta bebezinha linda!

    ResponderExcluir
  2. De Luna para mamãe Flavia: - Você é a melhor mãe que eu poderia ter!!!! Origada por cuidar de mim com esse jeitinho protetor e aconchegante, sou a filha mais feliz desse mundo por ter você como minha mãe....te amo...bjos. Luna

    ResponderExcluir
  3. Por acaso, pesquisando no google, vi seu blog! Por coinsidencia, minha filha q vai nascer em dez tmb se chama Luna! Lindo nome né! rs :) Entao, eu tmb tive um pequeno relacionamento, engravidei e tomei a pílula do dia seguinte q falhou... Mas Deus nos da a bençoa na hr certa, acredito nisso! E estou muito feliz e louca pra ter minha filha em meus braços! Boa sorte paara nós!

    ResponderExcluir